sexta-feira, 14 de junho de 2019

aLer+ para Ser+ Leitor


No âmbito do projeto “aLer+ para Ser + Leitor”, as Professoras Bibliotecárias mostram, nesta exposição, os trabalhos decorrentes da atividade “Ler (literatura) com a BE”, realizados pelos alunos das várias escolas do 1.º ciclo, deste Agrupamento.
As obras literárias exploradas foram as seguintes:






sexta-feira, 7 de junho de 2019

"Descobre... os média"

As crianças da EB Nº1 e do JI de Taralhão, numa articulação curricular com a Biblioteca Escolar, foram desafiadas a reconhecer os média mais comuns (imprensa, rádio, televisão, cinema, redes sociais digitais, jogos, ...); a perceber a sua presença no quotidiano e a distinguir os média que elas costumam utilizar e os que os adultos utilizam.
Primeiro, conversaram animadamente sobre os programas de TV que vêem, o livro preferido, os seus jogos em linha favoritos, as revistas de que gostam, ...
Depois, com facilidade reconheceram os símbolos que representam cada média e, através de um jogo na ferramenta digital Educaplay, as crianças fizeram a correspondência entre o símbolo e a foto dos diferentes media apresentados. Por fim, em equipas, jogaram o jogo “Descobre os média”.
Podemos afirmar que foi grande a motivação das crianças para adquirirem os conteúdos mundo tecnológico e utilização das tecnologias, na área do conhecimento do mundo.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Animação de leitura "A que sabe a Lua?"

No âmbito da literacia da leitura, a Biblioteca Escolar preparou uma sessão com as crianças do JI, a partir da história "A que sabe a Lua?", de Michael Grejniec. Estes animais, curiosos e aventureiros, visitaram as crianças das dezasseis salas do Pré-escolar, aproveitando para lhes ensinar sobre o valor da entreajuda e da cooperação. Além disso, fizemos uma experiência, para perceber como conseguimos ver o reflexo da lua na água. Por fim, construímos o cenário da história, ordenando a torre de animais, havendo ainda tempo para um jogo de faz-de-conta: todos provaram um bocadinho de Lua e ela "soube-lhes exatamente àquilo de que cada um deles mais gostava".



segunda-feira, 27 de maio de 2019

Todos Juntos Podemos ... "fazer a festa"!

Ao som da música do grupo “Cabeças no ar”, os livros saltaram das estantes da nossa biblioteca e fizeram um grande baile!
Foi a festa de encerramento do ano letivo do nosso projeto “Todos Juntos Podemos Ler”. Desta forma, também todos juntos pudemos dançar com os livros!
E, como não há festa sem iguarias… não faltaram coisas boas para degustar!


quinta-feira, 23 de maio de 2019

Tabela Periódica

Este ano de 2019 assinala os 150 anos da criação da Tabela Periódica dos Elementos Químicos. 
E a Porto Editora está de parabéns pelos 75 anos da sua existência! 
As Tabelas Periódicas publicadas pela Porto Editora acompanharam professores e alunos ao longo de todos estes anos. Veja a evolução das Tabelas Periódicas da Porto Editora, ficando com a história que as une: A Tabela Periódica e a Porto Editora.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Todos Juntos Podemos Ler

No âmbito do projeto Todos Juntos Podemos Ler, a partir do livro “O nabo gigante”, de Alexis Tolstoi, experimentámos várias formas de contar histórias: através da leitura do livro, do visionamento de um vídeo e do reconto da história com as personagens e objetos em 3D. Com este simpático casal de velhinhos, aprendemos uma importante lição: se unirmos esforços, conseguimos alcançar os nossos objetivos.
 

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Contadora de histórias - "Camilo, um camelo na selva"

No dia 13 de maio, integrado nas comemorações do Dia da Família, as crianças do Pré-escolar receberam a visita da contadora de histórias Inácia Cruz. Desta vez, foi dramatizada a história "Camilo, um camelo na selva", de Júlio Borges. Foram momentos muito divertidos, em que todos se transformaram em atores.



terça-feira, 14 de maio de 2019

"Missão na ilha", um conto de Lara Couto, 7.º C

A aluna Lara Couto, do 7.º C, desafiada pela professora de Português, escreveu este pequeno conto.


Missão Na Ilha

Tudo isto aconteceu ainda no ano passado. Eu estava em Lisboa, de férias com a minha tia (férias da escola, não das missões), mas estava tudo calmo e ninguém fazia coisas maquiavélicas como destruir o planeta ou rebentar com a Lua! Até o próprio Gore (o meu arqui-inimigo/pior pesadelo) não estava a fazer nada! Esquisito… mas verdade. Portanto, eu estava descansada, até que recebi uma chamada da Filipa (purple):
- Lara, tens uma missão.- dizia ela.
- Finalmente! Já não era sem tempo! Então o que é!? É o Gore!?
- Tráfico de droga!
- Tráfico? Vai chamar a polícia que eu não sou pessoa de ir a isso. Eu não vou.
- Vais e é se queres. O governo mandou-te ir.
- Ok… está bem…
- Lara, se eu estivesse no teu lugar também não queria ir, mas é a nossa obrigação como super-heroínas.
- Eu sei… Então onde é?
 - Na Madeira.
- NA MADEIRA?! Mas tu sabes a que distância isso fica daqui?! E os meus pais?!
- Lara, os teus pais também já foram heróis, eles entenderão. E em relação à distância... Bem, começa a fazer as malas para o avião.
E lá fui eu! Estava um pouco desiludida por não ser algo mais divertido, mas tive que ir na mesma. Quando cheguei, a Beatriz Azevedo (red) já estava lá e o Daniel com ela, todos a sorrir e a dizer “olá”:
- Olá, gente bonita! Tudo bem? Eu nem acredito que nos mandaram investigar TRÁFICO?!
- É verdade, mas temos que o fazer.- dizia a Beatriz.
- E onde está o resto do pessoal? A Beatriz Costa (black), a Flávia (orange), a Sofia (light pink), etc.?
- Bem, a Filipa está a atender e a fazer chamadas…
- Até aí eu já cheguei, mas… e o resto?
- Mandamo-los de férias.
- E eu, não sou ninguém, pois não?!
- Lara, tu és a mais importante, portanto… tinhas que estar ao ativo.
- Essa foi chunga!- dizia o Daniel
 - Olhem, chega de conversa, nós temos que nos encontrar com um agente do governo- dizia a Beatriz - Ele vai-nos dar indicações sobre o traficante.
- Apetecia-me ir beber um sumo. - disse eu - Lembrem-se que estou de férias!...
- AHHHH?! E nós não?! - perguntou o Daniel.
- Quanto mais tempo demorarmos, menos tempo temos para relaxar. - disse a Beatriz.
- Está bem, “miúda regrinhas”…
E dirigimo-nos até ao local combinado. Vestimos os nossos fatos e máscaras e fomos ter com o agente. Ele era muito pequeno, parecia ter cerca de 10 anos.
- Deve ser dos mais novos. - sussurrei eu
- Meeeeu!!!! ele é minúsculo!! !- disse o Daniel a aguentar o riso.
- Parem com isso! - ordenou o “agentezinho”.
- Coitado…. - acrescentei eu.
O Daniel então não aguentou o riso e desatou às gargalhadas. Depois bichanou-me ao ouvido:
- O coitado parece ter 10 anos!...
- Comporta-te,  meu! – disse-lhe eu.
- Mas ele é… minúsculo!!!
Nessa altura, o “agentezinho”, percebendo o que se estava a passar, dá-lhe um pontapé e atira-o contra uma árvore.
- Ah, ah, ah!!! – rimos todos. - Bem feito!
- Ai, meu Deus, - gemia o Daniel - que força!!
- A partir de agora, mais respeito! - disse o “agentezinho”.
- Vamos parar com a brincadeira e começar a missão!? - gritou a Beatriz.
- Ele atirou-me contra a árvore e tu achas que nós estamos a BRINCAR!? - refilou o Daniel.
- Tu estavas a ser parvo - respondi eu. - Eu comecei a salvar o mundo era ainda mais nova, portanto, vê se mostras respeito.
            - Que idade tinhas?
- Para aí uns 8 anos.
- OMG! Devias ser tão fofa!
- CALA-TE IDIOTA! Para isto terminar bem ainda te dou um soco!
- Toma e embrulha, Daniel. - disse a Beatriz - Agora vamos mas é voltar ao trabalho.
- Então, como te chamas?
- João- respondeu o “agentezinho” - e o traficante chama-se Zagreb.
- Tem o nome da capital da Croácia! Que giro! – espantou-se a Beatriz.
- E onde está ele? - perguntei eu.
- Na Floresta Verde. - respondeu o “agentezinho”.
E lá fomos nós para a tal floresta. Como o nome indicava, a floresta era verde, mas escura, ofuscante e assustadora...
Quando chegamos a uma gruta, paramos e, ao sinal do “agentezinho”, entramos. Era tudo preto e assustador e nós ficamos arrepiados.
- Aiiii, Deus, salva-me!!! - pedia o Daniel.
- Mais alguém, além de mim, tem os cabelos em pé? - perguntou a Beatriz.
- Tu é que querias isto, portanto a culpa é toda tua, Bea! - disse eu.
Vestimos umas capas pretas, para passarmos despercebidos, e lá continuamos, com “pele de galinha”. De repente, uma voz atrás de nós:
- Que lindos meninos, hehehe!!! Bem-vindos, hehehe!!!
- Olá - respondi eu com voz grossa, a tentar não gaguejar e a fingir de má. - Viemos ver o… o produto!
- Óptimo! É mesmo para isso que aqui estou, conforme o combinado com o vosso contacto!
Dito isto, ele passa-me para a mão um pacote que eu supus que continha uma qualquer droga.
- Ó… ótimo, hehehe…
- Agora o pagamento.
- Oh, não - pensava eu, já a suar.
- Lara, o teu cetro! – sussurra-me a Beatriz.
- Certo, certo, o cetro! - sussurro eu.
Então, decidida, peguei no cetro e disse com voz firme:
- Estás detido por tráfico de droga, Zagreb!!! (parecia tão fixe, naquela altura!...)
- O QUÊ?! NÃO! NÃO! NÃO ME PRENDAS! - pedia o traficante. – Eu sou um mero “correio”!
Rapidamente, antes que ele tivesse tempo para qualquer movimento, pus-lhe umas algemas e a Beatriz chamou a polícia, sim, porque não era eu que o ia prender!
- Que seca ter de esperar que eles cheguem – dizia o Daniel.
- Ganhaste outra vez…- murmurava o Zagreb com uma voz grave.
- Cala-te, ó traficante! Ninguém te perguntou nada! – gritou a Beatriz.
- Eu não sou Zagreb, sou eu, o teu pior pesadelo! Parece que apanhaste mais um dos meus Rose, mas não tarda até também perderes.
- Gore!!! Só podias ser tu!
 - Um dia vai-vos acontecer o mesmo que aconteceu à Yellow ou o que aconteceu à Green e aí veremos quem realmente ganhou.
A minha cara mudou rapidamente da alegria para a tristeza, só de me lembrar:
-Eu não vou deixar que lhes toques!
- Veremos quem perdeu, veremos…- e, dito isto, ele ficou inconsciente.
Olho para a Beatriz Azevedo e para o Daniel e grito:
- Só por cima do meu cadáver!!!

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Todos Juntos Podemos Ler

A terapeuta Lídia e as professoras da Educação Especial, Helena Queirós e Lucília Almeida, com o livro Orelhas de Borboleta, de Luisa Aguilar, lembraram-nos que ter as orelhas grandes, o cabelo rebelde, ser alto ou baixo, magro ou rechonchudo... pode ser motivo de troça da parte dos outros.
Esta história ensina-nos que esse tipo de comportamento é reprovável. A protagonista Mara responde aos comentários depreciativos das outras crianças, seguindo as indicações da sua mãe, e aquilo que para os outros é um defeito, para ela é uma vantagem. Aprendemos que é preciso converter em positivo aquilo que para outros é motivo de gozo. Porque se deve valorizar as características que nos diferenciam dos outros, para nos distinguirem como seres especiais e únicos.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Dia da mãe - 5 de maio

"Em Portugal, o Dia da Mãe chegou a ser celebrado a 8 de dezembro, mas passou a ser celebrado no 1.º domingo de maio, em homenagem à Virgem Maria, mãe de Cristo, que se celebra durante o mês de maio. A data é uma homenagem a todas as mães e serve para reforçar e demonstrar o amor dos filhos pelas suas mães." 
(Fonte: Calendarr Portugal, acessível em: https://www.calendarr.com/portugal/dia-da-mae/, acedido a 3 de maio de 2019).

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Concurso Nacional de Leitura

E, finalmente, chegou o grande dia - de prestar provas de bons leitores na 3.ª fase (intermunicipal) do Concurso Nacional de Leitura (CNL).
Decorreu no Forum da Maia, onde fomos muito bem recebidos.
Participaram os alunos apurados na 2.ª fase do CNL (concelhia) da Área Metropolitana
do Porto.


As obras selecionadas foram as seguintes:
1.º ciclo: Maria e Danilo e o mágico perdido, de Richard Zimler;
2.º ciclo: História do sábio fechado na sua biblioteca, de Manuel António Pina;
3.º ciclo: Os ciganos, de Sophia de Mello Breyner Andresen e Pedro Sousa Tavares;
Secundário: O apocalipse dos trabalhadores, de Valter Hugo Mãe.

E vejam só que estes livros até inspiraram os pasteleiros da Maia a confecionar estes belos, fofos e saborosos bolos!

quarta-feira, 24 de abril de 2019

25 de Abril

E para marcar este dia, fica este poema para nos fazer refletir nos valores de Abril:

O fundo documental da Biblioteca Escolar está ao dispor e pode ser requisitado para saber mais sobre este tema.
E visitem também a exposição organizada pelos professores de História!

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Dia Mundial do Livro

"O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor foi instituído pela UNESCO em novembro de 1995, procurando fomentar o gosto pela leitura e, simultaneamente, respeitar a obra daqueles que, pela escrita, têm contribuído para o progresso social e cultural da Humanidade.
 Qual a razão para se optar pelo dia 23 de abril? Publicam-se livros todos os dias…
 Por coincidência, nesta data nasceu e morreu William Shakespeare, deixou-nos Cervantes e numerosos escritores famosos vieram ao mundo ou faleceram."
(Fonte: "Espaço professor, Porto Editora", disponível em: https://www.portoeditora.pt/espacoprofessor/paginas-especiais/educacao-pre-escolar/opiniao-pre/dia-mundial-do-livro/, consultado em 22 de abril de 2019).

quinta-feira, 18 de abril de 2019

Feliz Páscoa!

A Biblioteca Escolar deseja a toda a comunidade educativa uma Páscoa feliz!

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Partilha de leituras entre turmas

Ao longo desta Semana da Leitura, algumas turmas encontraram-se na biblioteca, para partilhar leituras trabalhadas no âmbito da disciplina de Português. Leram, cantaram, dramatizaram, enfim... fizeram de tudo para convencer os colegas de que ler... vale a pena!


Também o professor Serafim deu o seu testemunho de bom leitor e de como a leitura tem contribuído para a sua formação profissional e pessoal. 

terça-feira, 2 de abril de 2019

Libertar Belas Palavras

Alunas e alunos do 2.º ciclo, representaram bem as suas turmas no Concurso de Declamação, ao libertarem as belas palavras das poesias escolhidas:
Eis os resultados a que chegou o júri:

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Leituras ao Telefone

No âmbito da Semana da Leitura, a Biblioteca Escolar, em colaboração com os Professores de Português, dão continuidade à atividade "Leituras ao telefone". 
Durante toda a semana, no horário indicado no cartaz, haverá uma equipa de leitores pronta para fazer leituras a pedido! 
Basta telefonar:

quarta-feira, 27 de março de 2019

Semana da Leitura 2019

De 1 a 5 de abril, celebra-se a Semana da Leitura, no Agrupamento de Escolas Júlio Dinis, Gondomar.
Pretende-se alargar a rede de leitores e promover a leitura e a escrita como fonte de prazer e de liberdade.
Estão agendadas atividades para festejar a leitura como ato comunicativo e criar um espaço de encontro, criativo e colaborativo.
Assim, de 1 a 5 de abril, vão realizar-se as seguintes atividades:
- Concurso de declamação de poesia (2.º ciclo, dia 2 de abril, na BE);
- Leituras ao telefone (comunidade educativa);
- Partilha de leituras entre turmas (2.º e 3.º ciclos);
- Árvore da poesia (2.º e 3.º ciclos);
- "A que sabe a Lua?", Michael Grejniec (pré-escolar, EB n.º 1);
- "Um pé de vento", Graça Breia (pré-escolar, 1.º ano, EB n.º 1);
- Contos com valores (todos os níveis de ensino, sala de aula);
- Café literário (comunidade educativa, EB n.º 1);
- Café e poesia (bufete, EB Júlio Dinis).

Participem e boas leituras!

segunda-feira, 11 de março de 2019

Leituras ao Telefone!

Neste dia, quem escolheu um número, telefonou e ... surpreendeu-se: leituras a pedido! 
(uma iniciativa das Bibliotecas Escolares do concelho de Gondomar).
Esta foi a Equipa dos Leitores de serviço: